quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Fundação de Papai Noel

Em sua primeira imagem, publicada em 1863 na revista Harper's, de Nova York, Papai Noel - chamado de Santa Claus - era um gnomo gorducho entrando numa chaminé. Nasceu da mão do desenhista Thomas Nast, vagamente inspirado nas lendas de são Nicolau.

No natal de 1930, Papai Noel foi contratado pela Coca-Cola. Até então, não usava uniforme, e em geral preferia roupas azuis ou verdes. O desenhista Habdon Sundblom vestiu-o com as cores da empresa , vermelho vivo com filetes brancos, e deu a ele os traços que todos conhecemos. O amigo das crianças usa barba branca, ri sem parar, viaja de trenó e é tão rechonchudo que não se sabe como consegue entrar pelas chaminés do mundo, carregado de presentes e com uma Coca-Cola em cada mão.

Tampouco se sabe o que ele tem a ver com Jesus.

(GALEANO, Eduardo. Espelhos – uma história quase universal. Tradução de Eric Nepomuceno. Porto Alegre: L&PM, 2008, p. 67\68)

3 comentários:

sapao318 disse...

éééééé...o poder da propaganda "fincada" no subconciente coletivo é foda!!!

palmas pra coka-cola!!!

abraços!!!

Kel disse...

Deixando o velho gorducho de lado, aproveito a visita para deixar registrado meus mais bonitos desejos de que o ano vindouro seja cheinho de coisa boa para ti. Que vc continue com a essa cabeça sempre borbulhando de idéias bacanas, que a sua coragem em fazer e acontecer só aumente e que as distancias se apresentem mais pequenas (tudo depende do nosso querer...). Saúde, paz e muuuito amor. Um 2010 digno de um Rei para ti, querido! Beijos!

Edu disse...

O que tem Papai Noel a ver com Jesus?
Ora, ambos são garotos-propaganda (tem hífem?) de duas multinacionais poderosíssimas que buscam aliciar novos membros para suas hostes desde a mais tenra idade... Concordas ou não?
Anyway, boas festas, feliz ano novo, aproveita as férias e cuida dos meus box de B5. Juizo mas não muito...